PRIMEIRACOMPRA10
Cavalinha 100mg 60 Cápsulas
Foto do produto Cavalinha 100mg 60 Cápsulas
Economize 12.31%
ESTE PRODUTO É MANIPULADO
Imagem meramente ilustrativa. Cada manipulado contém rótulo personalizado com as informações: nome do cliente, nome da fórmula, composição, posologia, e detalhes de fabricação assim como informações legais da farmácia e responsável técnico.
71185

Cavalinha 100mg 60 Cápsulas

à vista no PIX R$ 68,19

Mini Cavalinha 100mg 60 Cápsulas

Cavalinha 100mg 60 Cápsulas

De R$ 83,61 Por R$ 73,32

Problema ao enviar, tente novamente.

Você receberá um e-mail quando o produto estiver disponível

Benefícios:

  • Possui ação diurética;
  • Ajuda a eliminar substâncias tóxicas;
  • Possui ação remineralizante;
  • Possui ação anti-inflamatória;
  • Auxilia no tratamento de infecções moderadas do trato urinário;
  • Auxilia no tratamento de problemas respiratórios, reumáticos e cardiovasculares.

Cavalinha 100mg 60 Cápsulas

O que é?

A Cavalinha (Equisetum arvense) é uma planta vascular nativa do hemisfério norte de áreas pantanosas de quase todo o Brasil. É amplamente utilizada na medicina caseira de longa data em toda a América do Sul, inclusiva no Brasil especialmente nas regiões sul e sudeste. É rica em Cálcio, Vitamina C, Ferro, Magnésio, Dióxido de Silício, entre outros minerais.

Ela ajuda a estimular suavemente o fluxo urinário, ajudando a remover as bactérias infecciosas da bexiga. E ao contrário de outros suplementos de desintoxicação, a cavalinha limpa naturalmente, sem retirar do corpo os preciosos eletrólitos. Isso garante que o organismo mantenha um nível saudável de energia e hidratação. Também é usada para ajudar a fortalecer a pele, unhas e cabelo.

Como age o ativo?

As espécies de Equisetum são constituídas de: sais de potássio, magnésio, cálcio, fósforo, sódio, flúor e alumínio, apresentando mais de 10% dos constituintes inorgânicos.

Os sais de potássio, flavonoides, equisetonina e ácido gálico, presentes na Cavalinha possuem ação sinérgica que proporciona atividade diurética suave. A atividade diurética
poderia ser devida à irritação do epitélio renal causada pela equisetonina, uma saponina presente no Equisetum, ou pelos teores elevados de potássio. Aos taninos é atribuido efeito diurético, antihipertensivo, cicatrizante, anti-hemorrágico e bacteriostático.

A cavalinha é usada como diurético em casos de obesidade associada à retenção de líquidos aumentando em até 30% a diurese o que diminui o inchaço. Atua também como antioxidante devido ao ácido ascórbico. É considerada um diurético suave.

Fórmula magistral composta por:

Cavalinha 100mg
Excipiente QSP 1 cápsula

Modo de Usar:Tomar 1 cápsula após o café da manhã e após o almoço ou conforme orientação de profissional habilitado.

Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!

Advertências:

  1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
  2. Imagens meramente ilustrativas.
  3. É necessário uma dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de peso.
  4. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
  5. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
  6. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
  7. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
  8. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
  9. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
  10. Este medicamento não deve ser utilizado durante o período de amamentação sem orientação médica.
  11. Embora não existam contra-indicações relativas a faixas etárias, recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.
  12. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado.
  13. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
  14. Este medicamento é contra-indicado para pacientes com gastrite e úlcera gastroduodenal.
  15. Este medicamento não deve ser utilizado por pacientes hipertensos sem orientação médica.
  16. Este medicamento não deve ser utilizado por pacientes com disfunções cardíacas e renais sem orientação médica.
  17. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO"
  18. "Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico (BATISTUZZO J.A.de O. Formulário médico Farmacêutico 3ª ed. São Paulo: Pharmabooks Editora, 2006). Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.”

Referências:

  1. Literatura do Fornecedor;
  2. BATISTUZZO J.A.de O. Formulário médico Farmacêutico 3ª ed. São Paulo: Pharmabooks Editora, 2006.