PRIMEIRACOMPRA10
Femini Care 100mg 30 doses
Foto do produto Femini Care 100mg 30 doses
Economize 22.7%
ESTE PRODUTO É MANIPULADO
Imagem meramente ilustrativa. Cada manipulado contém rótulo personalizado com as informações: nome do cliente, nome da fórmula, composição, posologia, e detalhes de fabricação assim como informações legais da farmácia e responsável técnico.
947321

Femini Care 100mg 30 doses

à vista no PIX R$ 209,61

Mini Femini Care 100mg 30 doses

Femini Care 100mg 30 doses

De R$ 291,58 Por R$ 225,39

Problema ao enviar, tente novamente.

Você receberá um e-mail quando o produto estiver disponível

Benefícios:

  • Prevenção de infecção urinária e candidíase vaginal;
  • Prevenção de desordens íntimas na gestação e lactação;
  • Auxilia na redução do climatério da menopausa;
  • Reduz a disbiose e controla a permeação intestinal;
  • Auxilia na redução dos sintomas da endometriose;
  • Melhora do ressecamento vaginal;

Dica da Farmacêutica:

Femini Care é tão exclusivo que pode ser usado de duas maneiras conforme a sua necessidade: tomado por via oral ou introduzido via vaginal. A cápsula que carrega o Femini Care é feita de tapioca, ou seja, de origem vegetal e totalmente compatível com o local onde será aplicada, sem risco de causar qualquer irritação.

Em casos de candidíase vaginal, Femini Care pode ser tomado via oral 2 vezes ao dia ou introduzida via vaginal 1 vez ao dia, por 10 dias.

Para melhora dos sintomas da menopausa, pode ser tomada via oral, 2 vezes ao dia.

Para prevenir o ressecamento vaginal na pós-menopausa, pode ser introduzida 1 capsula via vaginal, uma vez ao dia.

Para prevenção de infecções urinárias recorrentes ou prevenir o Diabetes mellitus na gestação, recomenda-se tomar via oral uma dose 2 vezes ao dia.

O que é?

Todo organismo feminino possui uma microbiota vaginal e intestinal naturalmente composta por microorganismos benéficos para a saúde feminina. Esses microrganismos são aliados na saúde porque atuam na barreira e defesa contra outros microorganismos causadores de doenças, como no caso das infecções urinárias ou na candidíase.

Os “moradores” mais comuns da microbiota são os Lactobacillus que atuam transformando a glicose em ácido lático, acidificando o pH da vagina para que se torne um ambiente difícil para o crescimento de microorganismos patogênicos.

Alguns fatores que alteram o equilíbrio microbiótico: uso de antibióticos, métodos contraceptivos que alteram estrogênio, consumo excessivo de alimentos processados e ricos em açúcar, consumo de bebidas alcoólicas, excesso de lavagem da vulva e da vagina, utilização de produtos inadequados para a higienização íntima, uso de roupa íntima de tecidos sintéticos, que dificultam a ventilação e acumulam umidade, entre outros.

Em casos de disbiose ou para a prevenção de sintomas desagradáveis, foi criado o Femini Care, que é constituído por uma cepa de probióticos que repõem a microbiota natural intestinal e vaginal, proporcionando equilíbrio e benefícios na saúde íntima da mulher.

Como agem os ativos?

Femini Care é uma composição de probióticos que pode ser usada via oral ou via vaginal e que repõe a flora intestinal e vaginal protegendo a saúde da mulher de diversos problemas.

No tratamento e prevenção de infecções urinárias, Femini Care já possui uma vantagem sobre os antibióticos no quesito de não oferecer risco de resistência microbiana, o que causa reincidências de novas infecções em períodos breves.

  • Em um estudo com 134 mulheres na pré-menopausa com infecção urinária foram suplementadas com Femini Care por 14 dias. O resultado foi o aumento da colonização vaginal por bactérias benéficas e a redução de bactérias uropatogênicas e leveduras.

  • Outro estudo com 252 mulheres pós-menopausa, onde metade foi suplementada com Femini Care e a outra metade recebeu uma profilaxia antibiótica, Femini Care reduziu a taxa de reincidencia de 6,8 para 3,3 em 1 ano. Além disso, o grupo do antibiótico resultou em resistência microbiana de 95% após 1 mês de tratamento, enquanto Femini Care não desenvolveu nenhuma resistência, mostrando-se seguro.

Na prevenção do diabetes gestacional, Femini Care mostrou seu mecanismo de ação por aumentar a produção de compostos que reduzem a hiperpermeabilidade de toxinas bacterianas no intestino. Isso evita a desregulação dos processos biológicos da insulina.

  • Estudos mostraram que a suplementação com probióticos reduz em 60% a incidência de diabetes mellitus gestacional, além de reduzir o aumento dos níveis de insulina ao longo do terceiro trimestre de gravidez.

Na melhora dos fogachos da menopausa, Femini Care também pode ter ação interessante.

  • Estudo clínico com 62 mulheres na perimenopausa, com pelo menos 5 fogachos ao dia e valores de hormônio folículo estimulante igual ou maior que 35 UI/L, receberam duas combinações: metade recebeu extrato de Red clover (34 mg/dia) + cepas de probióticos e a outra metade recebeu o mesmo extrato de Red clover (34 mg/dia) + placebo, durante 12 semanas. Resultado: o consumo dos probióticos reduziu a frequência e intensidade dos fogachos significativamente mais do que o grupo placebo.

Composição:

Femini Care 100mg
Excipiente TCM qsp 1 Tapiocaps.

Modo de usar: Se for uso interno, ingerir uma dose 2 vezes ao dia. Se for uso intravaginal, introduzir uma cápsula 1 vez ao dia.

O uso no tratamento da candidíase vaginal pode ocorrer via oral para a prevenção de recorrência de infecção e via intravaginal para auxiliar o tratamento com os azóis.

Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!

Advertências:

  1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
  2. Imagens meramente ilustrativas.
  3. Pessoas com sensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
  4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda- se descontinuar o uso e consultar o médico.
  5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
  6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
  7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
  8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
  9. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
  10. Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.
  11. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.
  12. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
  13. Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelos fabricantes dos insumo farmacêuticos e por estudos que comprovam as ações dos mesmos, conforme descrito nas referências bibliográficas. Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.
  14. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO"

Referências:

  1. Literatura do fornecedor.